SEMEADORES DO BEM

Os pássaros possuem o papel de dispersores de sementes na natureza, e durante esse processo aumenta-se a sobrevivência das mesmas devido às sementes serem conduzidas para lugares favoráveis à sua germinação. A dispersão de sementes é essencial na regeneração de áreas devastadas, dando início ao processo de sucessão ecológica. Pensando nisso, surgiram Os SEMEADORES DO BEM.
Além do plantio de mudas nativas que está sendo realizado na Serra do Gandarela, ações periódicas que irão permanecer por tempo indeterminado, a Floricultura Ikebana Flores está organizando uma nova ação de plantio de mudas típicas do cerrado (Ipê Amarelo, Ipê Branco, Jacarandá, mudas frutíferas e mudas características da região) através da motobike, ciclistas que percorrem a trilhas de longa distância, Os SEMEADORES DO BEM, que irão plantar as mudas nativas da região em torno das trilhas de Belo Horizonte, incluindo a Serra do Gandarela.
Cada ciclista irá transportar:
  • Muda nativa em um tubo de ensaio;
  • Kit adubo;
  • Perfurador para a cova;
Tudo isso será preso em um camelbak, uma “espécie de mochila com água potável, onde a muda ficará armazenada em uma superfície fresca para conservar a muda em seu transporte”. No caminho das trilhas, os ciclistas escolherão um lugar para plantar dando preferências a lugares devastados.
A Floricultura Ikebana Flores realizou alguns testes em três pontos distintos, onde saem os ciclistas: Rio Acima, Retiro das Pedras e Alphaville, todos concordaram em participar dessa ação. Esses bikeiros são amantes da natureza, por isso se ofereceram como voluntário da Campanha Semeadores do Bem. 
*Por Thais Alessandra Link
Anúncios