Horta feita com garrafas pet

Floreira feita com duas garrafas pet
 Por Sherol Vinhas
Lembro que minha avó usava latas de tinta de parede como vasos, pendurados ao longo do muro no quintal. Naquela época da minha infância, reciclar era uma palavra que ainda não existia, mas tenho muito orgulho em lembrar que a minha vozinha já tinha, naqueles anos, um senso evoluído de cuidado com a natureza.

 Como Fazer:
Separe 2 garrafas pet de 2 litros, uma tesoura bem afiada, estilete e uma caneta marcadora de cd.
Corte a ponta das garrafas Encaixe as garrafas e marque com caneta
Corte as pontas das garrafas bem na marca da dobra do corpo, como na imagem. Encaixe uma na outra com uma boa margem e marque com a caneta onde cortará a abertura do seu vaso.
Recorte onde marcou Fixe as garrafas com grampeador
Desencaixe para ficar mais fácil de recortar, e corte na marcação. Encaixe novamente uma na outra e fixe.

 

Também dá para fazer furos nessa junção e fixar usando arames, ou ainda amarrar com fio de nylon. Para ficar bem firme é preciso fazer vários furos ao longo da emenda.
MArque onde fará os furos para os pés Recorte os furos
Depois de fixas as partes, use o gargalo para marcar o suporte dos pés. Com a tesoura bem afiada recorte onde você marcou.
Para os pés você usará as duas pontas das garrafas cortadas lá no início. Cada corpo de garrafa terá o seu pé.
Encaixe o gargalo no furo Finalize sua floreira e plante as mudas
Encaixe o gargalo da garrafa no furo por fora do corpo. Atarraxe a tampa por dentro. Voilá! Seu vaso de garrafa pet está pronto, com pés, e super firme.
Agora é só fazer mais furos na base do seu vaso para escoar bem a água e decorar a sua garrafa pet do modo que você preferir. Uma boa dica é usar tinta PVA para artesanato e colorir a superfície com desenhos bem alegres.Link

Horta feita com garrafas pet

Floreira feita com duas garrafas pet
 Por Sherol Vinhas 
Lembro que minha avó usava latas de tinta de parede como vasos, pendurados ao longo do muro no quintal. Naquela época da minha infância, reciclar era uma palavra que ainda não existia, mas tenho muito orgulho em lembrar que a minha vozinha já tinha, naqueles anos, um senso evoluído de cuidado com a natureza.

 Como Fazer:
Separe 2 garrafas pet de 2 litros, uma tesoura bem afiada, estilete e uma caneta marcadora de cd.
Corte a ponta das garrafas Encaixe as garrafas e marque com caneta
Corte as pontas das garrafas bem na marca da dobra do corpo, como na imagem. Encaixe uma na outra com uma boa margem e marque com a caneta onde cortará a abertura do seu vaso.
Recorte onde marcou Fixe as garrafas com grampeador
Desencaixe para ficar mais fácil de recortar, e corte na marcação. Encaixe novamente uma na outra e fixe.

Também dá para fazer furos nessa junção e fixar usando arames, ou ainda amarrar com fio de nylon. Para ficar bem firme é preciso fazer vários furos ao longo da emenda.
MArque onde fará os furos para os pés Recorte os furos
Depois de fixas as partes, use o gargalo para marcar o suporte dos pés. Com a tesoura bem afiada recorte onde você marcou.
Para os pés você usará as duas pontas das garrafas cortadas lá no início. Cada corpo de garrafa terá o seu pé.
Encaixe o gargalo no furo Finalize sua floreira e plante as mudas
Encaixe o gargalo da garrafa no furo por fora do corpo. Atarraxe a tampa por dentro. Voilá! Seu vaso de garrafa pet está pronto, com pés, e super firme.
Agora é só fazer mais furos na base do seu vaso para escoar bem a água e decorar a sua garrafa pet do modo que você preferir. Uma boa dica é usar tinta PVA para artesanato e colorir a superfície com desenhos bem alegres.Link

Prefeitura troca lixo reciclável por legumes frescos

A reciclagem é uma prática que beneficia o meio ambiente, possibilita a confecção de novos e criativos utensílios e, agora, pode levar alimento fresco à mesa. A prefeitura de Jundiaí, interior de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Serviços Públicos, criou o projeto Delícia de Reciclagem, uma ação para incentivar a colaboração da população na reciclagem> As pessoas recebem legumes frescos em troca de lixo reciclável como papelão, garrafas PET e latas de alumínio.

A Unidade de Desenvolvimento Ambiental (Unidam) do município cultiva e mantém uma horta com grande variedade de hortaliças, como alface, cenoura e beterraba, em um total de 30 mil unidades.
A população ainda conta com a comodidade receber os legumes de carro da prefeitura, que privilegia as localidades que não contam com a coleta seletiva.
O projeto foi pensado de forma sustentável como um todo. O adubo utilizado para o cultivo dos legumes frescos é natural, com terra, esterco e restos vegetais. Até o espantalho, utilizado para afastar os pássaros da produção, foi feito com entulhos abandonados nas ruas. Uma iniciativa diferente que mostra ser possível criar dispositivos de incentivo para as mais diversas práticas verdes.
* Com informações de Superinteressante
Por Daniel Accioly

Jardim de Garrafas PET

Mais do que uma palavra da moda, o termo “reciclar” é uma atitude de vida que veio pra ficar. Inspirado nesse conceito o designer Garth Britzman criou uma espécie de toldo em um estacionamento nos Estados Unidos usando garrafas PET.

Para deixar a ideia (que é demais!) ainda mais interessante, ele encheu o fundo de cada garrafa com um liquido colorido – como cada PET tem na sua base um formato que lembra uma flor, o resultado final deu à obra uma cara de jardim suspenso multicolorido.

Sacada simples, ecologicamente correta e linda, né? Os motoristas agradecem pela sombra, o público agradece pela criatividade e o planeta agradece pela forcinha!

Via