Aurora Boreal: LIÇÃO DE VIDA

LIÇÃO DE VIDA

Ano após ano, um fazendeiro bem sucedido ganhava o troféu “Milho Gigante”, numa feira de agricultura de seu município.
Ele chegava na feira com uma amostra do milho e saía vencedor com uma faixa azul atravessada em seu peito.
O milho que aquele fazendeiro produzia era melhor a cada ano.
Mais um ano, mais um troféu.
O fazendeiro ganhou novamente a faixa e, ao subir no palanque para recebê-la, um repórter quis saber como ele costumava cultivar o seu qualificado e valioso produto.
O fazendeiro, então, respondeu:
– Eu compartilho a semente do milho gigante com os meus vizinhos.
O repórter continuou sem entender e perguntou mais:
– Mas como o senhor pode compartilhar a sua melhor semente com seus vizinhos, sabendo que eles vão competir com o senhor aqui na feira, a cada ano?
O fazendeiro ficou em silêncio por alguns minutos e, então, respondeu:
– Você não sabe? O vento carrega o pó do milho maduro de um campo para o outro. Se meus vizinhos cultivarem um milho inferior, a polinização vai piorar continuamente a qualidade da minha plantação. Se eu quiser cultivar um milho bom, eu tenho que ajudar os meus vizinhos a também cultivarem um milho bom.
LIÇÃO DE VIDA:

Na prática da nossa vida também é assim.
Aqueles que escolhem estar em paz devem fazer com que seus vizinhos estejam em paz.
Aqueles que querem viver bem têm que ajudar os outros para que também vivam bem.
E, aqueles que querem ser felizes, têm que ajudar os outros a encontrar a felicidade, pois o bem-estar de cada um está ligado ao bem-estar de todos.