PARA AQUECER

Naqueles dias de inverno em que o céu está totalmente azul, sem nuvens, não seria ótimo ter espaços como estes, sem obstáculos para o sol, com cobertura de vidro ou até mesmo pérgulas ou jardins internos para podermos nos aquecer?Link

Clique nas imagens, algumas aparecerão ampliadas.

 

Imagens via Pinterest, El Mueble, Ad Russia, House & Garden, !kind Design, Home Designing, Juliana Neves, Luciana Nasajon e Mabel Graham Belle Elle Decor

COMO FAZER UM JARDIM VERTICAL

Parede Verde, também conhecido como jardim verticalpainel verdefachada verde e Ecoparede é um sistema de revestimento de parede com vegetação, com as características abaixo:
– Pode ser instalado em qualquer ambiente (jardim vertical interior ou jardim vertical exterior);
– Tamanho deve ser de múltiplos de largura de 45cm e altura de 10cm;
– Requer cuidados mínimos;
– Disponível para todo território nacional;
– Sistema de hidrocultura;
– Pode ser ornamental ou cultivo;
– Irrigação automatizada e com fertilizantes orgânicos;
– Cada módulo pode ser retirado da parede, independente do conjunto, caso necessite ser substituído;
– O jardim vertical é montado destacado da parede, evitando assim passar umidade ao prédio;
– O jardim vertical é uma forma de amenizar a árida aparência dos prédios urbanos;
– O jardim vertical é uma forma eficaz de combater o efeito ilha de calor urbano, pois evita acumulo de energia;
– Desde pequenos muros até grandes fachadas prediais, todos se adaptam a este processo de dinamização e revitalização de fachadas, tornando-as verdadeiramente vivas e ecologicamente ativas.
Você encontra o arquivo PDF com as especificações desse tipo de jardim aqui:

10 Formas de Trazer o Exterior para o Interior

Encontrei muitas sugestões nestes ambientes de como trazer o verde ou o EXTERIOR para o INTERIOR. Essa é uma super tendência atual – fato! Quem não precisa de um “respiro” de ambientes fechados, escritórios, e asfalto atualmente? Então vamos ver como é feita essa conversa?
1.Arranjos e Vasos Verdes Polpudos em Grande Quantidade
Casa Bela - Casa Cor - Verde 03
Casa Bela - Casa Cor - Verde 04
Em muitos e muitos ambientes, o destaque da produção e ambientação ficava por conta dos vasos. Os arranjos dos mais variados estilos em geral se utilizavam de espécies duráveis, como folhagens, suculentas e orquídeas, e conversavam com o estilo da decoração.
2.Jardins Verticais, já foram hit, mas continuam sendo uma ótima opção.
Casa Bela - Casa Cor - Verde 01
Casa Bela - Casa Cor - Verde 02
Em outras edições da Casa Cor, os jardins verticais já atuaram como verdadeiros protagonistas dos ambientes internos e externos. Agora que eles já fazem parte do repertório de projeto da maioria, aparecem de maneiras novas, como um complemento ao projeto de decoração, trazendo é claro, vida e verde aos ambientes.
3.Espécies simples e fáceis de cuidar, velhas conhecidas.
Casa Bela - Casa Cor - Verde 05
Casa Bela - Casa Cor - Verde 19
Sabe aquelas plantinhas que você costumava ver na casa da sua avó? Então, elas estão reaparecendo em todos os lugares, tanto em ambientes internos quanto externos. Principalmente porque são espécies que se adaptam super bem ao nosso clima e são fáceis de cuidar. Junto com elas musgos e suculentas que também se encaixam nesta categoria.
4.Paisagismo de impacto visual, estilo contemporâneo, mas simples de ser executado.
Casa Bela - Casa Cor - Verde 09
Casa Bela - Casa Cor - Verde 20
Os projetos de paisagismo em geral não utilizaram espécies mirabolantes, exóticas, ou jardins de alta complexidade. Seu impacto estava muitas vezes no design, nas cores, nos móveis, no desenho. Misturando gramas, pedriscos, espécies pontuais ou conjuntos, conseguiam um efeito bonito e que pode facilmente ser utilizado em áreas externas de qualquer tamanho.
5.Quadros que trazem o exterior para o interior.
Casa Bela - Casa Cor - Verde 06
Casa Bela - Casa Cor - Verde 08
Fiquei encantada com a seleção de obras de arte em alguns ambientes, principalmente de fotografias. Estes dois especialmente abriam verdadeiras “janelas” para o exterior, nos transportando para lugares como uma rua tranquila e arborizada, ou uma vista deslumbrante do mar. Já estou pensando em qual parede da minha casa vou colocar uma foto dessas!
6.Plantas de pequeno porte, inseridas de forma criativa e charmosa nos ambientes.
Casa Bela - Casa Cor - Verde 07
Casa Bela - Casa Cor - Verde 16
Essa é pra ninguém mais falar que não tem espaço para um vasinho ou uma hortinha! Vasinhos pequenos apareceram das formas mais inusitadas e charmosas. Desde que tenham a iluminação e manutenção correta, eles podem sim trazer um toque de verde para qualquer ambiente! Por serem fáceis de transportar também pode ser feito um rodízio de vasos para que eles fiquem mais saudáveis.
7.Composições de vasos, práticas e fáceis de encaixar em áreas pequenas ou internas.
Casa Bela - Casa Cor - Verde 11
Casa Bela - Casa Cor - Verde 10
Olha que graça essa composição de vasos, e ainda mais este suporte vertical com floreiras quadradas! São soluções que cabem até na minha varandinha, rs. Falta um up no seu ambiente, seja interno ou externo? Um belo vaso, com uma espécie bonita e bem cuidada, com certeza resolve isso!
8.Revestimentos e detalhes típicos de exteriores, trazidos para os os interiores.
Casa Bela - Casa Cor - Verde 18
Casa Bela - Casa Cor - Verde 13
Essa parede do banheiro revestida em pedra rústica, trazia a sensação de que você estava em um daqueles banheiros à céu aberto sabe? Acho que o Sig Bergamin andou olhando minhas ideias, rs. Porque quero fazer algo parecido no meu banheiro do apê! Mais detalhes em breve. Enfim, revestimentos como pedra, deck de madeira, pastilhas, detalhes como fontes, espelhos d’água, trazem a sensação de que estamos lá fora, mesmo estando em ambientes internos.
9.Refinamento de projeto de áreas externas, com as mesmas tendências e preocupação de áreas internas.
Casa Bela - Casa Cor - Verde 14
Casa Bela - Casa Cor - Verde 12
Muitos ambientes de interiores tinham áreas externas, que foram decoradas com a mesma preocupação e tendências dos ambientes internos. Não tem porque só jogar uns móveis feiosos na varanda, assim é claro que nunca será usada. É preciso pensar no conforto, na iluminação, nas cores, na decoração, etc… Da mesma forma, os ambientes de paisagistas apresentaram a mesma preocupação com a composição, com o desenho, com as cores, com as tendências atuais, que teria um profissional de interiores.
10.Áreas externas que funcionam como um prolongamento de áreas internas.
Casa Bela - Casa Cor - Verde 15
Casa Bela - Casa Cor - Verde 17
O ambiente mais comentado, do Migotto, tinha uma área externa enorme, super linda, seguindo o mesmo estilo e cores dos ambientes internos. E assim aconteceu com muitos outros ambientes de arquitetos e decoradores, que decoraram à sua maneira, espaços externos de vários tamanhos e estilos diferentes.Link

Plantas para Jardins Verticais

Jardim para local semi-sombreado, composto principalmente de epífitasFoto de Bosc d'Anjou

Jardim para local semi-sombreado, composto principalmente de epífitas
Foto de Bosc d’Anjou

Os jardins verticais apresentam algumas adversidades que um jardim tradicional não tem. Isso acaba restringindo um pouco o número de espécies ornamentais disponíveis para compor este tipo de jardim. Assim, montamos um artigo com dicas para auxiliar no planejamento e escolha das espécies que vão compor seu jardim vertical. Aproveite!

Em primeiro lugar, precisamos saber que um jardim vertical típico não comporta plantas com grandes raízes ou com raízes agressivas. Pois estas além de não terem espaço para crescer, ainda podem acabar danificando a estrutura de suporte. Outro motivo para se evitar grandes raízes, incluindo árvores e arbustos é o peso demasiado da planta e do substrato correspondente sobre a estrutura. Mas, nada impede que se crie um jardim com árvores e arbustos, a questão é que esta escolha deve ser feita antes mesmo da construção do prédio, para que se calcule adequadamente a carga a mais que essas plantas vão adicionar.
Outro fator que deve ser levado em consideração é a incidência de ventos e luz solar direta. Em jardins verticais localizados em fachadas de prédios por exemplo, o sol e os ventos intensos podem ser impeditivos para muitas espécies. Assim, deve-se evitar plantas com grande necessidade de água, como também plantas com folhagem macia e delicada. No entanto, jardins verticais protegidos e em locais semi-sombreados permitem espécies que não se adaptariam às condições anteriores.
As plantas também devem preferencialmente ser perenes. Do contrário, o jardim demandará manutenção constante, o que é contrário aos princípios de sustentabilidade que andam junto com os jardins verticais. No entanto, há uma situação em especial que pede jardins verticais com plantas anuais, aqueles destinados à cultura de plantas hortícolas, sendo estas, sem sua grande maioria plantas anuais. Nestes jardins há que se cuidar que às plantas estejam ao alcance das mãos.
De forma geral, é uma boa saída escolher plantas epífitas ou rupícolas para jardins verticais. Estas plantas, geralmente se adaptam muito bem às condições de pouco substrato, ventos e outras adversidades. Outras opções bem interessantes são forrações rústicas, que muitas vezes são úteis em acrescentar um colorido diferente ao jardim. Lembre-se que uma boa parte do custo de um jardim vertical pode vir da aquisição das plantas, que por serem perenes, tendem a ser um pouco mais caras. Não será nada bom ter que substituir uma parte delas após um tempo de implantação, principalmente se o jardim estiver situado em local de difícil acesso.
Leve sempre em consideração, na escolha das plantas, à disponibilidade de água e a frequência de irrigação possível. Assim não corre o risco de plantar samambaias, onde possivelmente só podem viver cactos.Link
Abaixo, algumas sugestões de plantas para jardins verticais:

Lareiras no JARDIM

Naquelas noites frias com céu estrelado, não há nada melhor do que se reunir ao redor de uma lareira externa, munido de manta e taça de vinho, contando e escutando histórias.Link

Clique nas imagens, algumas estão ampliadas

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Via Pinterest, Blog do Luxo e Referans