AROMATERAPIA

Veja o que é a Aromaterapia e como você pode se beneficiar dela

Aromaterapia

Aromaterapia: a prática pode melhorar a sua vida
Você sabe o que é Aromaterapia? Pois é, nós também não sabíamos até agora! Pesquisando sobre plantas com fins medicinais descobrimos essa prática um tanto quanto “zen”: A Aromaterapia é o tratamento baseado nas diferentes sensações e efeitos que os aromas podem causar em nós.
Os estudos e experiências nessa área mostram que algumas plantas possuem componentes químicos que agem diferentemente sobre nós. Alguns acalmam, outros relaxam, outros ajudam no nosso foco e atenção. O interessante é que não é somente o aroma que suscita essas sensações, como parece ficar óbvio no nome desta prática. A Aromaterapia procura extrair os chamados óleos essenciais das plantas, que também são usados na criação de essências, aromatizadores de ambiente, óleos de massagem, sais de banho, difusores e até em cremes.
Óleo Essencial

A Aromaterapia procura extrair os princípios ativos de diversas plantas
É grande o segmento de mercado que investe em produtos com cheiros mais agradáveis, desde aerossóis contra insetos até os difusores de ambiente e águas de passar. Existem também muitas receitas caseiras para produzir aromatizadores ou cremes, mas alguns desses óleos podem ser perigosos, podendo causar alergias ou até mesmo explodirem, já que são muito voláteis. Se você resolver se arriscar nessa área, procure receitas de aromaterapeutas conhecidos e respeitados. Na dúvida, fique com os industrializados, que são mais seguros.

Alecrim
: energizante
Cedro: relaxante e sedativo
Eucalipto: estimulante e refrescante
Gerânio: calmante, sedativo e antidepressivo
Grapefruit: restaurador
Hortelã: estimulante e revigorante
Ilangue-ilangue: afrodisíaco e antidepressivo
Laranja: calmante
Lavanda: analgésico, relaxante, antidepressivo e sedativo
Lemongrass: calmante e sedativo
Lima: energizante e revitalizante
Manjericão: sedativo
Maracujá: calmante
Patchuli: afrodisíaco
Pinho: estimulante
Pitanga: calmante infantil
Sândalo: afrodisíaco
Tangerina: relaxante
Acreditando que a aromaterapia funciona ou não, temos todos que concordar que é muito agradável chegar em casa, abrir a porta e sentir um cheirinho gostoso. Escolha o aroma que mais tem a ver e conte pra gente de qual mais gosta . Link
!
Anúncios

Aromaterapia na sua loja

Aromas e Perfumes 

A aromaterapia tanto pode ser uma ferramenta de diferenciação do seu ambiente de vendas como fonte de novos produtos para revenda na loja.
Para os céticos, basta um simples teste para comprovar a eficácia dos aromas. Os aromas tem ligação com a memória de cada um, ativando o sistema límbico.
Quando inspiramos o odor, as moléculas aromáticas flutuam ate uma espécie de câmara que fica na parte mais alta do nariz. Dali as informações olfativas são levadas para o cérebro para o tal sistema límbico, que é onde estão armazenadas as emoções e os sentimentos e, assim, os aromas acabam despertando reações diversas.
Todo estudo dos cheiros esta baseado nos chamados óleos essenciais, que nada mais são que substancias extraída de flores, folhas, frutos e sementes de plantas, revelando suas propriedades terapêuticas.
Dessa forma é possível empregar a aromaterapia para propósitos mil: os óleos podem ser desde estimulantes e revigorantes até relaxantes e refrescantes, entre outras funções.

Veja a tabela de usos:

  • Bergamota: Antidepressivo e Estimulante
  • Camomila: Relaxante
  • Canela: Estimulante
  • Cardamono: Estimulante
  • Cedro: Relaxante
  • Cipreste: Relaxante
  • Citronela: Relaxante
  • Cravo: Estimulante
  • Gengibre: Relaxante
  • Gerânio: Antidepressivo e Relaxante
  • Grapefruit: Antidepressivo e Relaxante
  • Hortelã: Estimulante
  • Jasmim: Afrodisiaco
  • Laranja: Relaxante
  • Lavanda: Relaxante
  • Limão: Antidepressivo
  • Manjericão: Estimulante
  • Patchouli: Afrodisíaco
  • Pimenta-negra: Antidepressivo
  • Rosa: Afrodisíaco
  • Sândalo: Relaxante
  • Tangerina: Antidepressivo
Texto: Augusto Aki
www.negocioscomflores.com.br
Fonte: Anuário de Feng Shui – Editora Revista Online  Escrito por