AO AR LIVRE !

Seamless Space

Multifunctional Outdoor Room

High Style, Low Price

Budget-Friendly Bench

Low Maintenance

Colorful Ambience

Instant Outdoor Room

Darling Decor

Lovely Lighting

Forget hard to maintain grassy slopes and fill your hillside with your favorite plants. More front yard landscape secrets: http://www.bhg.com/gardening/landscaping-projects/landscape-basics/front-yard-landscape-secrets/?socsrc=bhgpin063013slope=4

Let Nature be Your Guide

Go Green

Use Containers

Break It Up

Use Space Smartly

Emphasize the Entry

Blend Nature and Art

Play Up the Drama

Plant a Tapestry
Link

Anúncios

Para contemplar e relaxar

Ter um jardim com ares de casa morando em apartamento é um privilégio e tanto. No caso desta área externa de 170 m², no térreo de um edifício paulistano, a atmosfera aconchegante foi se desenhando com a criação de cantinhos: agrupamentos de vasos, a caixa de madeira que serve de banco e abriga a horta de temperos, uma mesa de refeições. Caminhos gostosos de ver e percorrer, agraciados com plantas saudáveis. Chegar a esse resultado dependeu em grande parte da escolha das espécies. “Muito próximos, os prédios vizinhos jogam sombra sobre o local. O sol bate intensamente em partes específicas, por duas ou três horas diárias apenas”, conta o paisagista Marcelo Bellotto, autor do projeto. A solução foi dar preferência a espécies que gostam de sol, mas não sofrem quando estão à sombra, caso das ripsális, dracenas e marantas.

plantas-que-nao-precisam-de-muito-sol
Embaixo do pergolado, com fechamento de vidro para barrar a chuva, mas deixar entrar a luz, a caixa de madeira junto ao muro abriga a horta de temperos e se prolonga para servir de banco.


Vasos com miniguaimbês (1), buchinho (2) e jasmim-manga (3) trazem frescor à área de refeições e marcam a passagem que conduz à horta e ao jardim de leitura.

A área externa é equipada com piscina, emoldurada na reforma em um deque de madeira (Madezonia). No muro verde, pendem guaimbês (1) e ripsális (2) e, atrás das chaises, há um canteiro de espadas-de-são-jorge (3)

Revestida de pedra hijau (Ásia Pedras), a fonte com espelho d’água dá charme a este canto do jardim de leitura. No vaso da Vasos da Terra, as marantas (4) se abrigam sob as ripsális (5) do muro. Pedriscos cobrem o piso.

Gostam de sol
Marco Antonio

06-plantas-que-nao-precisam-de-muito-sol

Gostam de sol – Para dar flores durante boa parte do ano, o manto-de-rei (Thumbergia erecta) pede de três a seis horas diárias de sol.
Marco Antonio

07-plantas-que-nao-precisam-de-muito-sol

Gostam de sol – A primavera traz as flores azuis do agapanto (Agapanthus africanus). Pede de três a seis horas de sol.
Marco Antonio

08-plantas-que-nao-precisam-de-muito-sol

Gostam de sol – Quanto mais luz, mais flores despontam no sapatinho-de-judia (Thunbergia mysorensis). Mínimo de três horas de sol.
Marco Antonio

09-plantas-que-nao-precisam-de-muito-sol

Gostam de sol – Tempero popular, a salsinha (Petroselinum sativum) precisa de terra bem umedecida. Pede de três a seis horas diárias de sol.
Marco Antonio

10-plantas-que-nao-precisam-de-muito-sol

Gostam de sol – A disposição das folhas inspirou o nome da dracena-de-leque (Pleomele thalioides). Pede de três a seis horas de sol por dia.
Marco Antonio

11-plantas-que-nao-precisam-de-muito-sol

Gostam de sol – Muito aromático, o manjericão (Ocimum basilicum) pode atrair a visita de abelhas. Mínimo de três horas diárias de sol.
Preferem meia-sombra
Marco Antonio

12-plantas-que-nao-precisam-de-muito-sol

Preferem meia-sombra – De folhagem vistosa, a maranta-pena-de-pavão (Calathea veitchiana) precisa de terra bem úmida. Pede uma hora de sol.
Marco Antonio

13-plantas-que-nao-precisam-de-muito-sol

Preferem meia-sombra – Espécie de pouca manutenção, a medinila (Medinilla magnifica), ou uva-rosa, pede uma hora diária de sol.
Marco Antonio

14-plantas-que-nao-precisam-de-muito-sol

Preferem meia-sombra – Resistente ao clima e adaptável à sombra, a espada-de-são-jorge (Sansevieria trifasciata) pede três horas diárias de sol.



AO AR LIVRE: RECEBENDO NUM ESTILO NATURAL

Tem coisa melhor do que receber a família e os amigos ao ar livre, com um almoço ou jantar leve e descontraído?
Vivemos num país tropical, com muito sol, flores e calor, portanto, se encontrar uma sombra ou estiver passando suas férias à beira mar, aproveite as dicas abaixo, prepare uma refeição leve, arrume a mesa e chame sua “turma” preferida, não é preciso  muita produção, siga um estilo mais natural.










Via Pinterest e Martha Stewart  Link

Dias de VERÃO !!!

O sol nos chamam ao ar livre. Sair da rotina, colocar o papo em dia e escapar das obrigações fica tão agradável quando temos os objetos certos. Esta seleção é ideal a todos que querem curtir as horas vagas e os momentos de calor, seja atualizando as leituras, desfrutando a companhia de pessoas queridas, relaxando na praia, descansando à beira da piscina ou simplesmente curtindo a brisa do vento. Estas peças permitem que você se refresque durante as manhãs e as tardes ou acompanhe um belo pôr-do-sol. Aproveite cada dia de sol com conforto e frescor.

  

  

 
Link


Link