O Cactarium

Moorten Botanical Garden

Descubra como o amor de uma família pelas plantas do deserto se transformou em uma instituição hortícola de Palm Springs.
O Jardim Botânico Moorten e Cactarium foi fundado em 1939 pelo casal Patricia e Chester “Cactus Slim”. Considerados celebridades em Palm Springs, marido e esposa ajudaram Walt Disney no projeto do parque Disneyland’s Frontierland. Sua contribuição à vida cultural e hortícola da cidade foi reconhecida na Palm Springs Walk of Stars (semelhante à Calçada da Fama de Hollywood).^

Jardim Botânico Moorten e Cactarium - Palm Springs - Tourism Media

Jardim Botânico Moorten e Cactarium - Palm Springs - Tourism Media

Jardim Botânico Moorten e Cactarium - Palm Springs - Tourism Media

Jardim Botânico Moorten e Cactarium - Palm Springs - Tourism Media

Jardim Botânico Moorten e Cactarium - Palm Springs - Tourism Media

Jardim Botânico Moorten e Cactarium - Palm Springs - Tourism Media

Jardim Botânico Moorten e Cactarium - Palm Springs - Tourism Media

Link ,Link e Link

Anúncios

Independência do Brasil

Jardim Botânico do Rio de Janeiro

Da criação à independência do Brasil

Ficheiro:JdBotanico3-CCBY.jpg

Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro , tradicional e popularmente referido apenas como Jardim Botânico do Rio de Janeiro , é um instituto de pesquisas e jardim botânico localizado no bairro do Jardim Botânico, na zona sul do município do Rio de Janeiro, no Brasil.
Uma das mais belas e bem preservadas áreas verdes da cidade, é um exemplo da diversidade da flora brasileira e estrangeira. Nele podem ser observadas cerca de 6 500 espécies (algumas ameaçadas de extinção), distribuídas por uma área de 54 hectares, ao ar livre e em estufas.
A instituição abriga, ainda, monumentos de valor históricoartístico e arqueológico e a mais completa biblioteca do país especializada em botânica, com mais de 32 000 volumes.Fonte:Wikipédia
A sua origem remonta à transferência da corte portuguesa para o Brasil, entre 1808 e 1821. A corte fixou-se na cidade do Rio de Janeiro, desde 1763 sede do Estado do Brasil, uma  colônia portuguesa, e agora alçada à condição de sede do império português, propiciando-lhe diversas oportunidades e melhorias. Dentre essas destaca-se a implantação de uma fábrica de pólvora na sede do antigo “Engenho da Lagoa”, de propriedade de Rodrigo de Freitas, cujas ruínas dos muros atualmente integram os limites da instituição.

Alguns números sobre o Jardim Botânico
A sua origem remonta à transferência da corte portuguesa para o Brasil, entre 1808 e 1821. A corte fixou-se na cidade do Rio de Janeiro, desde 1763 sede do Estado do Brasil, uma colônia portuguesa, e agora alçada à condição de sede do império português, propiciando-lhe diversas oportunidades e melhorias. Dentre essas destaca-se a implantação de uma fábrica de pólvora na sede do antigo “Engenho da Lagoa”, de propriedade de Rodrigo de Freitas, cujas ruínas dos muros atualmente integram os limites da instituição.

A instituição conta com:

  • 330 000 plantas desidratadas
  • Carpoteca com 5 800 frutos secos
  • Xiloteca com 8 000 amostras de madeira
  • Orquidário
  • Biblioteca com cerca de 66 000 volumes e 3 000 obras raras.

Orquideograma em madeira

Um jardim botânico, espaço de orquídeas e toda uma estrutura modelar em madeira que as protege, organiza e garante um espaço fantástico e de múltiplos usos. É o que consegue esse projeto do escritório colombiano de arquitetura.Link

A modulação em forma de hexágonos é similar à árvores  formando no conjunto uma grande “floresta”. Os troncos concentram as redes técnicas de iluminação e captação de água, entre outras. 
Veja mais fotos, inclusive da construção Link

Que tal um passeio pelos jardins botânicos brasileiros?

Redação Bonde com MTur
Já pensou que mesmo durante visitas a grandes cidades é possível conhecer lugares cercados de muita natureza? É o caso dos jardins botânicos, que têm como principal objetivo a conservação e exposição de diferentes espécies de fauna e flora, além de exercer papel de pontos turísticos em muitas capitais brasileiras.

Reprodução

O Jardim Botânico do Rio de Janeiro é o mais antigo do país, foi criado em 1808, por D. João VI, para receber as mudas de espécies que vinham da Europa. No local é possível encontrar mais de 8000 tipos de plantas e flores do Brasil e de outras partes do mundo. O parque promove estudos de vegetais das diversas regiões do país, numa área total de 137 alqueires.

Reprodução

Com 360 mil metros quadrados de áreas verdes, o Jardim Botânico de São Paulo é um dos pontos turísticos da capital paulista. O local serve como abrigo para animais selvagens como macacos, bichos-preguiça, que vivem soltos na área, além de possuir coleções de plantas exóticas e nativas dentro da reserva de Mata Atlântica.

Reprodução

Inaugurado em 1991, o Jardim Botânico de Curitiba possui uma estufa de vidro com 450 metros quadrados, inspirada no Palácio de Cristal de Londres que abriga uma enorme variedade de plantas e flores. Seu nome oficial homenageia a urbanista Francisca Maria Garfunkel Rischbieter. Com uma área de 178 mil metros quadrados, dos quais 40% são ocupados por florestas remanescentes de vegetação regional, o local possui ainda lagos, trilhas e um grande jardim.

Reprodução

Fundado em 1985, o Jardim Botânico de Brasília Tem como objetivo conservar a flora do cerrado e conscientizar a população sobre a importância da flora e da fauna. Composto por trilhas, laboratório, herbário, um jardim de cheiros e um mirante, além de também uma escola de educação ambiental e viveiros de orquídeas.

Reprodução

Um dos mais belos pontos turísticos de Belém, o Jardim Botânico da Amazônia Bosque Rodrigues Alves foi fundado pelo Barão de Marajó e possui um pedaço da Floresta Amazônica no centro urbano da capital paraense. Com uma extensão de 150 mil metros quadrados, possui um viveiro de pássaros e abriga diversos animais em extinção, além de um orquidário, aquário e um lago que proporciona passeios em canoas.

Serviços:

Jardim Botânico do Rio de Janeiro
Endereço: Rua Jardim Botânico, 1008
Horário de Funcionamento: diariamente, 8h às 17h

Jardim Botânico de São Paulo
Endereço: Avenida Miguel Stéfano, 3031 – Água Funda
Horário de Funcionamento: quarta a domingo, 9h às 17h

Jardim Botânico de Curitiba
Endereço: Rua Engenheiro Ostoja Roguski, s/n
Horário de Funcionamento: diariamente, 6h às 20h

Jardim Botânico de Brasília
Endereço: Setor de mansões Dom Bosco Conjunto 12
Horário de Funcionamento: terça a domingo, 9h às 17h

Jardim Botânico de Belém
Endereço: Avenida Almirante Barroso, 2453 – Marco
Horário de Funcionamento: terça a domingo, 8h às 17h

Que tal um passeio pelos jardins botânicos brasileiros?

Redação Bonde com MTur
Já pensou que mesmo durante visitas a grandes cidades é possível conhecer lugares cercados de muita natureza? É o caso dos jardins botânicos, que têm como principal objetivo a conservação e exposição de diferentes espécies de fauna e flora, além de exercer papel de pontos turísticos em muitas capitais brasileiras. 

Reprodução

O Jardim Botânico do Rio de Janeiro é o mais antigo do país, foi criado em 1808, por D. João VI, para receber as mudas de espécies que vinham da Europa. No local é possível encontrar mais de 8000 tipos de plantas e flores do Brasil e de outras partes do mundo. O parque promove estudos de vegetais das diversas regiões do país, numa área total de 137 alqueires.

Reprodução

Com 360 mil metros quadrados de áreas verdes, o Jardim Botânico de São Paulo é um dos pontos turísticos da capital paulista. O local serve como abrigo para animais selvagens como macacos, bichos-preguiça, que vivem soltos na área, além de possuir coleções de plantas exóticas e nativas dentro da reserva de Mata Atlântica.

Reprodução

Inaugurado em 1991, o Jardim Botânico de Curitiba possui uma estufa de vidro com 450 metros quadrados, inspirada no Palácio de Cristal de Londres que abriga uma enorme variedade de plantas e flores. Seu nome oficial homenageia a urbanista Francisca Maria Garfunkel Rischbieter. Com uma área de 178 mil metros quadrados, dos quais 40% são ocupados por florestas remanescentes de vegetação regional, o local possui ainda lagos, trilhas e um grande jardim.

Reprodução

Fundado em 1985, o Jardim Botânico de Brasília Tem como objetivo conservar a flora do cerrado e conscientizar a população sobre a importância da flora e da fauna. Composto por trilhas, laboratório, herbário, um jardim de cheiros e um mirante, além de também uma escola de educação ambiental e viveiros de orquídeas.

Reprodução

Um dos mais belos pontos turísticos de Belém, o Jardim Botânico da Amazônia Bosque Rodrigues Alves foi fundado pelo Barão de Marajó e possui um pedaço da Floresta Amazônica no centro urbano da capital paraense. Com uma extensão de 150 mil metros quadrados, possui um viveiro de pássaros e abriga diversos animais em extinção, além de um orquidário, aquário e um lago que proporciona passeios em canoas.

Serviços:

Jardim Botânico do Rio de Janeiro
Endereço: Rua Jardim Botânico, 1008
Horário de Funcionamento: diariamente, 8h às 17h

Jardim Botânico de São Paulo
Endereço: Avenida Miguel Stéfano, 3031 – Água Funda
Horário de Funcionamento: quarta a domingo, 9h às 17h

Jardim Botânico de Curitiba
Endereço: Rua Engenheiro Ostoja Roguski, s/n
Horário de Funcionamento: diariamente, 6h às 20h

Jardim Botânico de Brasília
Endereço: Setor de mansões Dom Bosco Conjunto 12
Horário de Funcionamento: terça a domingo, 9h às 17h

Jardim Botânico de Belém
Endereço: Avenida Almirante Barroso, 2453 – Marco
Horário de Funcionamento: terça a domingo, 8h às 17h