PISCINAS

Por vivermos num país tropical que tem um verão com temperaturas altíssimas, piscinas se tornaram o sonho de consumo de muitos brasileiros, seja para se divertir, relaxar ou praticar exercícios físicos, e principalmente para fugir do calor.
Capriche no paisagismo, mas evite árvores que percam muitas folhas. Se tiver crianças, erga grades de proteção. De resto, tenha espreguiçadeiras, um chuveiro de jardim e mesas com ombrellones, afinal o conforto é primordial para as áreas de relaxamento.Link
Clique nas imagens para vê-las ampliadas





















Via Pinterest. Micasa, Houzz e One Kind Desgin
Anúncios

Piscinas Naturais

piscina natural
Quando se trata de piscinas de fundo de quintal, que o design retangular clássico com uma plataforma, trampolim ou slide, e degraus de metal ainda tem apelo.

Mas as piscinas naturais que se assemelham a buracos ou lagoas de natação ganharam um interesse crescente nos últimos anos, de acordo com a paisagem profissionais de design que têm transformando as versões que imitam o que a Mãe Natureza modas sozinha: Interiores pintado assim que a água aparece naturais, aglomerados de rochas, cachoeiras derramando mais de afloramentos, um pedregulho de mergulho, plantas que gostam de água e sistemas de filtração de água que mantém a água saudável para o meio ambiente e para o cabelo das pessoas, pele e roupas de banho.

A inspiração européia
A tendência natural, piscina origem na Europa na década de 1980, mas começou a ganhar atenção no país nos últimos anos. As primeiras versões foram formados para ter mais formas orgânicas lagoa semelhantes, mas, dizem os especialistas, é um estilo que pode não ser para todos.
Natural PoolPiscinas naturais são semelhante a projetos de piscina convencional (Foto: Cipriano Landscape Design)

BIONOVA piscinas naturais

Então, você está interessado em piscinas naturais? Considere estes prós e contras adicionais antes de vadear em:

Flexibilidade de design. piscinas naturais podem ser perfeitamente integrados em um site, e podem ser projetados em qualquer estilo, até mesmo uma piscina grego ou romano formal.

Capacidade de funcionar em qualquer clima.  Weene Alan, que dirige o marketing para BIONOVA, o posto avançado de uma empresa alemã que projeta e instala piscinas naturais, diz que a empresa construiu piscinas naturais em uma variedade de climas em todo o globo EUA.

Exigência terra Extra. Eles exigem um local maior por causa da zona de regeneração, diz Nissim. “Se você projetar uma piscina de 700 metros quadrados, você precisa de outra piscina de tamanho igual para filtração. Com as regras comunitárias sobre contratempos e quanta superfície impermeável que você pode ter em uma propriedade, há muitos metros, onde não há espaço suficiente “, diz Nissim.

Maior custo inicial. piscinas naturais custam mais do que construir piscinas convencionais por causa da necessidade de construção de duas piscinas (a área da piscina principal e área de filtração), embora os custos de construção por metros quadrados são semelhantes às piscinas convencionais. Eles normalmente operam com menor custo, devido à ausência de cloro e outros produtos químicos, e a capacidade de utilizar uma bomba mais pequena e menos energia, Weene diz.

Água menos do que perfeitamente clara. A cor da água não é sempre “um cristal azul, Windex cor, ainda é seguro para a natação”, diz Weene de BIONOVA. A cor varia, com base em factores tais como o equilíbrio de nutrientes, temperatura e precipitação. Algumas algas e sedimentos sempre estará presente, Weene diz.
Image Destaque: Cortesia de BIONOVA ® Piscinas Naturais Link

TUDO VIRA PISCINA

LIXEIRA, CONTÊINER, CAÇAMBA E MAIS: COM CRIATIVIDADE, ESTRUTURAS DESCARTADAS PODEM VIRAR UM TANQUE PARA VOCÊ SE REFRESCAR. VEJA SEIS PROJETOS E COPIE NO SEU QUINTAL

POR CASA E JARDIM
 (Foto: Reprodução/Inhabitat)(Foto: Reprodução/Inhabitat)
Mergulho na cidade
Em Nova York são raras as piscinas. Para combater as temperaturas do último verão, a prefeitura encomendou três piscinas portáteis e suspensas, feitas com lixeiras pela empresa Macro Sea. Também havia um deck onde turistas e moradores podiam tomar sol.
 (Foto: Reprodução/Inhabitat)(Foto: Reprodução/Inhabitat)
Reaproveitamento com estilo
Já o arquiteto Stefan Beese transformou um contêiner de aço em piscina. A estrutura estava abandonada e foi trazida para o seu quintal. Ele usou um acabamento refinado, de madeira pinus.
 (Foto: Divulgação)(Foto: Divulgação)
Pequena e descolada
Ao ver uma caçamba abandonada, a artista inglesa Louisa Dawson enxergou o lugar perfeito para um mergulho. Ela manteve o exterior detonado e revestiu o interior com azulejos. Uma escada facilita o acesso dos banhistas.
 (Foto: Divulgação)(Foto: Divulgação)
Gigante e sustentável
Badboot é a maior piscina flutuante do mundo e fica localizada em Antuérpia, na Bélgica. Ela foi construída a partir da estrutura de uma antiga balsa e tem 120 metros de comprimento. O tratamento da água é sustentável. Ela é pública e fica aberta durante todo o verão com muitas atividades, como hidroginástica.
 (Foto: Reprodução/Inhabitat)(Foto: Reprodução/Inhabitat)
Em transformação
O canal Dotonbori, em Osaka, no Japão, em breve será a maior piscina ao ar livre do mundo. As obras terminam ainda este mês e o local poderá ser aproveitado por cerca de 20 reais por dia. A água tem passado por vários tratamentos para se tornar limpa.
 (Foto: Divulgação)(Foto: Divulgação)
Reciclagem de luxo
Antigas estruturas de exploração de petróleo encontraram nova vida na cobertura do Hotel Básico, na Playa del Carmen, no México. As piscinas cor-de-laranja foram construídas com tanques abandonados. Projeto do escritório Central de Arquitecturae do designer de interiores Héctor Galvan.Link

PISCINA FLUTUANTE FILTRA ÁGUA DO RIO

PROJETO ESTÁ EM CONSTRUÇÃO EM NOVA YORK GRAÇAS AO FINANCIAMENTO DE PESSOAS COMUNS

POR CASA E JARDIM

Divulgação (Foto: Divulgação)Projeto + Pool: piscina construída dentro do East River  (Foto: Divulgação)
O projeto permitirá aos nova-iorquinos nadar no East River pela primeira em 100 anos, quando ficou poluído. Desde 2007, há iniciativas governamentais para limpá-lo, mas mesmo assim ele é impróprio para humanos e animais. O filtro removerá bactérias e partículas contaminadas e recuperará o aspecto natural das águas. Em vez de limpar o rio inteiro, o que levaria muito tempo e dinheiro, a + Pool começará por um pequeno pedaço. A ideia é, no futuro, construir mais piscinas assim.Até agora parecia impossível para os habitantes de Nova York nadarem no East Riverrio que separa a ilha de Manhattan dos bairros de Queens e Brooklyn. Mas um novo projeto promete limpar a água poluída e oferecê-la em forma de piscina. Os designers dos estúdios Family e PlayLab criaram a + Pool, um tanque que filtrará meio milhão de litros de água por dia. Os profissionais lançaram a ideia no site Kick Starter, em que pessoas comuns podem fazer doações para financiar projetos. Em apenas um mês, eles arrecadaram 273 mil dólares, 23 mil a mais da meta. Os colaboradores terão, em troca, seus nomes gravados nos azulejos da construção.
O tanque terá forma de cruz e cada lado terá uma finalidade: uma parte para relaxar, uma parte para as crianças, outra com raias e outra para praticar esportes. Escritórios de todo o mundo, especialistas em arquitetura, engenharia e sustentabilidade concordaram em ajudar na construção voluntariamente. Este foi o maior projeto urbanístico já financiado pelo Kick Starter no mundo.Link
Divulgação (Foto: Divulgação)O filtro removerá bactérias e partículas contaminadas e recuperará o aspecto natural das águas  (Foto: Divulgação)
Divulgação (Foto: Divulgação)O tanque terá duas finalidades: relaxar e praticar esportes (Foto: Divulgação)
Divulgação (Foto: Divulgação)Os colaboradores terão, em troca, seus nomes gravados nos azulejos da construção  (Foto: Divulgação)

TUDO VIRA PISCINA

Lixeira, contêiner, caçamba e mais: com criatividade, estruturas descartadas podem virar um tanque para você se refrescar. Veja seis projetos e copie no seu quintal

POR CASA E JARDIM

 (Foto: Reprodução/Inhabitat)(Foto: Reprodução/Inhabitat)
Mergulho na cidade
Em Nova York são raras as piscinas. Para combater as temperaturas do último verão, a prefeitura encomendou três piscinas portáteis e suspensas, feitas com lixeiras pela empresa Macro Sea. Também havia um deck onde turistas e moradores podiam tomar sol.
 (Foto: Reprodução/Inhabitat)(Foto: Reprodução/Inhabitat)
Reaproveitamento com estilo
Já o arquiteto Stefan Beese transformou um contêiner de aço em piscina. A estrutura estava abandonada e foi trazida para o seu quintal. Ele usou um acabamento refinado, de madeira pinus.
 (Foto: Divulgação)(Foto: Divulgação)
Pequena e descolada
Ao ver uma caçamba abandonada, a artista inglesa Louisa Dawson enxergou o lugar perfeito para um mergulho. Ela manteve o exterior detonado e revestiu o interior com azulejos. Uma escada facilita o acesso dos banhistas.
 (Foto: Divulgação)(Foto: Divulgação)
Gigante e sustentável
Badboot é a maior piscina flutuante do mundo e fica localizada em Antuérpia, na Bélgica. Ela foi construída a partir da estrutura de uma antiga balsa e tem 120 metros de comprimento. O tratamento da água é sustentável. Ela é pública e fica aberta durante todo o verão com muitas atividades, como hidroginástica.
 (Foto: Reprodução/Inhabitat)(Foto: Reprodução/Inhabitat)
Em transformação
O canal Dotonbori, em Osaka, no Japão, em breve será a maior piscina ao ar livre do mundo. As obras terminam ainda este mês e o local poderá ser aproveitado por cerca de 20 reais por dia. A água tem passado por vários tratamentos para se tornar limpa.
 (Foto: Divulgação)(Foto: Divulgação)
Reciclagem de luxo
Antigas estruturas de exploração de petróleo encontraram nova vida na cobertura do Hotel Básico, na Playa del Carmen, no México. As piscinas cor-de-laranja foram construídas com tanques abandonados. Projeto do escritório Central de Arquitecturae do designer de interiores Héctor Galvan.Link