PENHASCOS PELO MUNDO

Elas se estendem para fora das montanhas e oferecem vistas panorâmicas da paisagem aos corajosos que arriscam escalá-las. Estas rochas ficam literalmente penduradas sobre enormes precipícios. Você encararia a subida e chegaria na ponta como os turistas das fotos abaixo?

 (Foto: Reprodução/The World Geography)(Foto: Reprodução/The World Geography)

Hanging Rock, Austrália

A formação geológica única e absolutamente incrível tem origem vulcânica. Localizada em Victoria, foi a inspiração para o livro e, mais tarde, o filme Picnic at Hanging Rock, sobre o desaparecimento de um grupo de jovens durante uma visita. Depois disso, a rocha ficou conhecida mundialmente e se tornou um famoso ponto turístico. Mas apesar de haver passeios com guias, vale lembrar do perigo de escalá-la: no topo, são apenas 50 cm de largura, a 100 metros de altura do chão.

 (Foto: Reprodução/The World Geography)(Foto: Reprodução/The World Geography)
 
Trolltunga, Noruega
Conhecida como a “língua de Troll”, em referência às criaturas do folclore escandinavo, esta rocha se destaca a 700 metros de altura sobre o lago Ringedalsvatnet . Chegar lá, no entanto, não é fácil. É preciso escalar a montanha, em uma jornada que leva entre oito e dez horas. A vantagem é que, pela dificuldade de acesso, o local não é lotado de turistas e é possível aproveitar a paisagem sem pressa.
 (Foto: Reprodução/The World Geography)(Foto: Reprodução/The World Geography)
Diving Board, Estados Unidos
Esta rocha saliente realmente parece uma prancha de mergulho, a 1.100 metros de altura. Ela fica no Parque Nacional de Yosemite, localizado nas montanhas da Serra Nevada, na Califórnia. Chama a atenção que o pico é formado por pedras aparentemente somente encaixadas, o que torna a atração arriscada para turistas.
 (Foto: Reprodução/The World Geography)(Foto: Reprodução/The World Geography)
Leopard Rock, África do Sul
É preciso muita coragem para posar assim, bem na beira da rocha saliente, sobre o precipício da reserva natural Oribi Gorber, um cânion com até 400 metros de profundidade. A pedra foi nomeada também por uma fotografia arriscada, tirada há 40 anos, de um leopardo curioso admirando a paisagem.
 (Foto: Reprodução/The World Geography)(Foto: Reprodução/The World Geography)
Hawk’s Head Rock, Austrália
A grande diversão para os turistas é tentar encontrar a pedra que parece com uma cabeça de falcão do alto da rocha – daí vem seu nome inusitado. Localizada no parque nacional Kalbarri, oferece também lindas vistas do rio Murchinson.Link
Anúncios

PENHASCOS PELO MUNDO

Elas se estendem para fora das montanhas e oferecem vistas panorâmicas da paisagem aos corajosos que arriscam escalá-las. Estas rochas ficam literalmente penduradas sobre enormes precipícios. Você encararia a subida e chegaria na ponta como os turistas das fotos abaixo?

 (Foto: Reprodução/The World Geography)(Foto: Reprodução/The World Geography)

Hanging Rock, Austrália

A formação geológica única e absolutamente incrível tem origem vulcânica. Localizada em Victoria, foi a inspiração para o livro e, mais tarde, o filme Picnic at Hanging Rock, sobre o desaparecimento de um grupo de jovens durante uma visita. Depois disso, a rocha ficou conhecida mundialmente e se tornou um famoso ponto turístico. Mas apesar de haver passeios com guias, vale lembrar do perigo de escalá-la: no topo, são apenas 50 cm de largura, a 100 metros de altura do chão.

 (Foto: Reprodução/The World Geography)(Foto: Reprodução/The World Geography)

Trolltunga, Noruega
Conhecida como a “língua de Troll”, em referência às criaturas do folclore escandinavo, esta rocha se destaca a 700 metros de altura sobre o lago Ringedalsvatnet . Chegar lá, no entanto, não é fácil. É preciso escalar a montanha, em uma jornada que leva entre oito e dez horas. A vantagem é que, pela dificuldade de acesso, o local não é lotado de turistas e é possível aproveitar a paisagem sem pressa.
 (Foto: Reprodução/The World Geography)(Foto: Reprodução/The World Geography)
Diving Board, Estados Unidos
Esta rocha saliente realmente parece uma prancha de mergulho, a 1.100 metros de altura. Ela fica no Parque Nacional de Yosemite, localizado nas montanhas da Serra Nevada, na Califórnia. Chama a atenção que o pico é formado por pedras aparentemente somente encaixadas, o que torna a atração arriscada para turistas.
 (Foto: Reprodução/The World Geography)(Foto: Reprodução/The World Geography)
Leopard Rock, África do Sul
É preciso muita coragem para posar assim, bem na beira da rocha saliente, sobre o precipício da reserva natural Oribi Gorber, um cânion com até 400 metros de profundidade. A pedra foi nomeada também por uma fotografia arriscada, tirada há 40 anos, de um leopardo curioso admirando a paisagem.
 (Foto: Reprodução/The World Geography)(Foto: Reprodução/The World Geography)
Hawk’s Head Rock, Austrália
A grande diversão para os turistas é tentar encontrar a pedra que parece com uma cabeça de falcão do alto da rocha – daí vem seu nome inusitado. Localizada no parque nacional Kalbarri, oferece também lindas vistas do rio Murchinson.Link