Árvore-do-viajante

Com pecíolos dispostos em leque, a árvore-do-viajante tem forte apelo estético e atrai olhares para o jardim

É impossível não se encantar com a beleza e o porte da árvore-do-viajante (Ravenala madagascariensis). Originária da ilha de Madagascar, pertence à família botânica Strelitziaceae e chama atenção pelas folhas grandes sustentadas por pecíolos dispostos em leque.

Planta herbácea ornamental de tronco alto, adapta-se muito bem em regiões com clima tropical. No Brasil, aparece com frequência em jardins localizados no Nordeste. Tem forte apelo estético e pode ser usada em canteiros. Há ainda a opção de utilizá-la como barreira contra o sol. Nesse caso, evite a exposição em locais com ventos fortes, pois eles danificam a folhagem.

Curiosamente, o nome popular veio de um detalhe diferenciado: o pedúnculo é capaz de armazenar água da chuva. “Existem alguns relatos de viajantes que se perderam em florestas e mataram a sede bebendo o líquido acumulado nesta estrutura”, afirma a paisagista Irene Cisneros, de São Sebastião, SP.Link
Anúncios