Muros diferentes

Mais do dividir ambientes, os muros também podem servir de tapume, jardim vertical e até para apoio para cascatas.

Muro de concreto é coisa do passado: nas construções atuais, materiais diferentes – como vidro, madeira e pedras – dão um toque a mais na arquitetura, além de ampliar o uso da estrutura: mais do que dividir espaços, os muros também podem abrigar jardins verticais, cascatas e servir de tapume. Link

Muros diferentes

Por Nádia Sayuri Kaku

Mais do dividir ambientes, os muros também podem servir de tapume, jardim vertical e até para apoio para cascatas.

Muro de concreto é coisa do passado: nas construções atuais, materiais diferentes – como vidro, madeira e pedras – dão um toque a mais na arquitetura, além de ampliar o uso da estrutura: mais do que dividir espaços, os muros também podem abrigar jardins verticais, cascatas e servir de tapume. Link

Incrementando…

Mude o visual simples dos muros usando plantas e forrações diferenciadas

O muro, que ganhou a tonalidade verde por meio da fixação da trepadeira hera, tem como companhia um canteiro de ervas e suculentas delimitado por pedras, que se destaca devido às texturas e aos tons variados da vegetação. Projeto do escritório Verdier Estudio Paisajístico, da capital uruguaia

A fileira de podocarpo foi colocada logo à frente da estrutura de bambu que faz a delimitação com o imóvel vizinho, oferecendo mais beleza ao ambiente. Projeto assinado por Alexandre Baccari, arquiteto, de São Paulo, SP

A fileira de podocarpo foi colocada logo à frente da estrutura de bambu que faz a delimitação com o imóvel vizinho, oferecendo mais beleza ao ambiente. Projeto assinado por Alexandre Baccari, arquiteto, de São Paulo, SP
A paisagista Paula Bergamin, do Rio de Janeiro, RJ, usou espécies volumosas para disfarçar o muro, como palmeiras e trepadeira. Para desviar a atenção para as plantas, criou um canteiro orgânico com liríope e grama-amendoim

A paisagista Paula Bergamin, do Rio de Janeiro, RJ, usou espécies volumosas para disfarçar o muro, como palmeiras e trepadeira. Para desviar a atenção para as plantas, criou um canteiro orgânico com liríope e grama-amendoim
Pedrinha Parisi, arquiteta paisagista, de São Paulo, SP, empregou diversos recursos para evitar a evidência do muro na paisagem, como a implantação de uma estrutura de madeira e um canteiro com espécies vistosas, como helicônia, periquito e agapanto

Pedrinha Parisi, arquiteta paisagista, de São Paulo, SP, empregou diversos recursos para evitar a evidência do muro na paisagem, como a implantação de uma estrutura de madeira e um canteiro com espécies vistosas, como helicônia, periquito e agapanto
O espaço ganhou muito verde com a disposição de plantas na parede. Além do filodendro na estrutura, destacam-se exemplares de bromélias de diferentes espécies nos vasos dispostos no chão. Ideia do paisagista Roberto de Sá, de Santos, SP

O espaço ganhou muito verde com a disposição de plantas na parede. Além do filodendro na estrutura, destacam-se exemplares de bromélias de diferentes espécies nos vasos dispostos no chão. Ideia do paisagista Roberto de Sá, de Santos, SP
Com o objetivo de levar ainda mais sofisticação ao muro de filetes de pedra canjiquinha, a paisagista Paula Bergamin criou em sua base um belo canteiro com orquídea-bambu

Com o objetivo de levar ainda mais sofisticação ao muro de filetes de pedra canjiquinha, a paisagista Paula Bergamin criou em sua base um belo canteiro com orquídea-bambu