Holanda 2012

As TULIPAS de Keukenhof
Elas são o motor da economia holandesa
Nos últimos anos o país dos moinhos tem recebido turistas do mundo inteiro. Eles viajam, em maio, fazendo uma escala em Amsterdã e seguem com destino a Lisse, mais ou menos a 30 minutos da capital, onde fica Keukenhof (que quer dizer jardim da cozinha), um parque de 12 alqueires onde são plantados 7 milhões de tulipas coloridas, formando canteiros gigantescos, para uma exposição que acontece desde 1949. Neste ano foram mais de 800.000 turistas que passearam pelo parque, contemplando estas e outras flores e se encantaram inclusive, antes de chegar a ele, graças aos campos de tulipas que existem pela estrada.
Holanda, com suas paisagens de cartão postal, sua qualidade de vida invejável e liberal, é referência para os produtores de plantas ornamentais, já que parte de sua economia vem do cultivo e da comercialização das tulipas.
Ela é hoje a flor que melhor representa o país, embora a sua origem seja turca e, na primavera europeia alcança o ápice do esplendor. Os holandeses exportam toneladas dessas flores para o mundo inteiro, fortalecendo uma das maiores economias desse continente. Os bulbos são plantados em finais de outubro até início de novembro, respeitando o surgimento da florada para que isto aconteça simultaneamente.
Há um centro de negócios onde se opera a venda e a exportação, é a Flora Holland. Lá, na imensa sala de leilões, centenas de compradores acompanham atentamente os produtos exibidos e os carregadores muito bem equipados e dirigindo veículos adaptados para a delicada carga, percorrem os canteiros selecionando as cargas que podem ser destinadas a trajetos feitos por estradas ou por via aérea, atravessando muitas das vezes o oceano. Holanda é o maior produtor mundial de bulbos e, daqueles que são destinados para as flores de corte, 57% ficam dentro do país para consumo interno.

Bulbos floridos prontos para embarque
O plantio e administração dos bulbos florais emprega 15.000 trabalhadores que produzem 2 bilhões deles a cada ano, 70% da produção mundial e ocupa o impressionante número de 200 milhões de metros quadrados, algo assim como 45 mil campos de futebol, faturando 600 milhões de euros.
A exposição 2012 começou dia 22 de março e vai até 20 de maio.(jardim das ideias)