Taj Mahal vai fechar???

Fechado. Para sempre … Este poderá em breve ser o caso para o Taj Mahal . Sim, é verdade, se você está planejando para ver o Taj Mahal durante a sua vida você pode querer reservar o seu bilhete dentro dos próximos cinco ou mais anos antes de ser fechado para o público, de forma permanente.
É considerada uma das sete maravilhas do mundo moderno, um Patrimônio Mundial da UNESCO , uma joia da arte muçulmana na Índia, e uma obra de arte universalmente reconhecida e admirada. No entanto, entre as multidões de turistas  aumenta a poluição do ar que está acabando com a sua fachada de pedra branca; oficiais de turismo estão considerando fechá-lo ao público.Continuar…

Garden Festival no Domaine de Chaumont-sur-Loire

Menos de 200 quilômetros ao sul de Paris, entre as cidades de Tours e Blois, um tesouro de poesia viva aguarda a sua descoberta. 

Chaumont-sur-Loire castelo, que domina o Vale do Loire, um patrimônio mundial da UNESCO, ilustra a arquitetura defensiva do seu período e da arquitetura relacionada a atividades prazerosas do Renascimento.

Venha para Chaumont-sur-Loire e saiba o que é viver para além do alcance do tempo …

OS MAIS BELOS CASTELOS DO MUNDO


Cenários de batalhas ou de romances, os castelos europeus fazem parte da história – e do imaginário ocidental. Construídas em sua maioria na Idade Média, essas fortificações são hoje alguns dos mais famosos pontos turísticos do Velho Mundo. Listamos, aqui, os 10 mais importantes – e imponentes. Confira!

1. Monte Saint Michel, Manche, França
Construído sobre um monte à beira-mar, o mosteiro só pode ser acessado a pé durante a maré baixa. Sua grandiosidade torna-o um dos pontos turísticos mais famosos do país, com uma freqüência anual de mais de 3,5 milhões de visitantes.
______________________________________________________________
2. Castelo de Edimburgo, Escócia
Boa parte das batalhas que separaram – e anexaram – a Escócia à Grã-Bretanha aconteceram dentro ou nos arredores dessa fortificação. Tanto assim que a construção, erguida a partir do século 12, é considerada o símbolo nacional escocês.
______________________________________________________________
3. Castelo Neuschwanstein, próximo a Munique, Alemanha
Esta fortificação foi erguida no século 19, portanto não tem nada de medieval. Mas sua inserção na paisagem é tão encantadora que o palácio se tornou o paradigma dos castelos, graças à Disney, que eternizou sua imagem nos cenários da fábula de Cinderela.
______________________________________________________________
4. Castelo Glamis, Angus, Escócia
Não é a maior, nem a mais antiga, muito menos a mais importante fortificação do planeta. Mas o Glamis faz parte desta lista por ser o mais malassombrado dos castelos europeus.
______________________________________________________________
5. Castelo de Windsor, Berkshire, Inglaterra
Com 900 anos de existência, o Castelo de Windsor é a maior e mais antiga residência real do planeta. Ali vive a rainha Elizabeth 2ª e parte de sua notável família.
______________________________________________________________
6. Castelo Chambord, Loir-et-Cher, França
Residência do rei Luís 14, o castelo Chambord foi erguido no século 16. Atualmente é a mais visitada das construções do vale do Loire.
______________________________________________________________
7. Hampton Court Palace, Londres
No universo anglo-saxão, a palavra Hampton é sinônimo de luxo. Não é à toa – o Hampton Court Palace, que serviu de residência para o rei Henrique 8º, conta com nada menos do que 1.000 cômodos.
______________________________________________________________
8. Castelo de Praga, República Tcheca
Símbolo nacional, o castelo de Praga foi erguido a partir do século 9, mas ganhou suas atuais feições somente entre os séculos 14 e 16, quando serviu de cenário para as batalhas de unificação do país.
______________________________________________________________
9. Castelo de Saint Michel, Cornuália, Inglaterra
Menos famoso do que seu homônimo francês, o Monte Saint Michel inglês também só pode ser acessado quando a maré está baixa. Está localizado no pitoresco vilarejo costeiro de Marazion.
______________________________________________________________
10. Castelo de Leeds, Kent, Inglaterra
Construída no século 12, a propriedade rural é comumente usada no cinema como locação para residências da aristocracia inglesa.

OS MAIS BELOS CASTELOS DO MUNDO


Cenários de batalhas ou de romances, os castelos europeus fazem parte da história – e do imaginário ocidental. Construídas em sua maioria na Idade Média, essas fortificações são hoje alguns dos mais famosos pontos turísticos do Velho Mundo. Listamos, aqui, os 10 mais importantes – e imponentes. Confira!

1. Monte Saint Michel, Manche, França
Construído sobre um monte à beira-mar, o mosteiro só pode ser acessado a pé durante a maré baixa. Sua grandiosidade torna-o um dos pontos turísticos mais famosos do país, com uma freqüência anual de mais de 3,5 milhões de visitantes.
______________________________________________________________
2. Castelo de Edimburgo, Escócia
Boa parte das batalhas que separaram – e anexaram – a Escócia à Grã-Bretanha aconteceram dentro ou nos arredores dessa fortificação. Tanto assim que a construção, erguida a partir do século 12, é considerada o símbolo nacional escocês.
______________________________________________________________
3. Castelo Neuschwanstein, próximo a Munique, Alemanha
Esta fortificação foi erguida no século 19, portanto não tem nada de medieval. Mas sua inserção na paisagem é tão encantadora que o palácio se tornou o paradigma dos castelos, graças à Disney, que eternizou sua imagem nos cenários da fábula de Cinderela.
______________________________________________________________
4. Castelo Glamis, Angus, Escócia
Não é a maior, nem a mais antiga, muito menos a mais importante fortificação do planeta. Mas o Glamis faz parte desta lista por ser o mais malassombrado dos castelos europeus.
______________________________________________________________
5. Castelo de Windsor, Berkshire, Inglaterra
Com 900 anos de existência, o Castelo de Windsor é a maior e mais antiga residência real do planeta. Ali vive a rainha Elizabeth 2ª e parte de sua notável família.
______________________________________________________________
6. Castelo Chambord, Loir-et-Cher, França
Residência do rei Luís 14, o castelo Chambord foi erguido no século 16. Atualmente é a mais visitada das construções do vale do Loire.
______________________________________________________________
7. Hampton Court Palace, Londres
No universo anglo-saxão, a palavra Hampton é sinônimo de luxo. Não é à toa – o Hampton Court Palace, que serviu de residência para o rei Henrique 8º, conta com nada menos do que 1.000 cômodos.
______________________________________________________________
8. Castelo de Praga, República Tcheca
Símbolo nacional, o castelo de Praga foi erguido a partir do século 9, mas ganhou suas atuais feições somente entre os séculos 14 e 16, quando serviu de cenário para as batalhas de unificação do país.
______________________________________________________________
9. Castelo de Saint Michel, Cornuália, Inglaterra
Menos famoso do que seu homônimo francês, o Monte Saint Michel inglês também só pode ser acessado quando a maré está baixa. Está localizado no pitoresco vilarejo costeiro de Marazion.
______________________________________________________________
10. Castelo de Leeds, Kent, Inglaterra
Construída no século 12, a propriedade rural é comumente usada no cinema como locação para residências da aristocracia inglesa.

Jardins ornamentais

Jardins ornamentais sempre encantaram muita gente. Seja pela elegância, ou pelo toque exótico, esses jardins estão sempre seduzindo e atraindo mais admiradores. Um ótimo exemplo de local que vem atraindo olhares é o jardim do Château de Villandry, na França. Esse jardim é tomado por plantas ornamentais cortadas em vários formatos, que transformam a paisagem em um verdadeiro labirinto.

Mas existe um preço alto a se pagar por um jardim desses. Os cuidados com a conservação são muito superiores aos requeridos em jardins comuns e necessitam ser feitos semanalmente, para manter as plantas no formato desejado. Para quem não se intimida com o trabalho a mais exigido por essas belezas, pode tentar montar seu próprio jardim ornamental.

Mesmo com limitações como a falta de luz e o pouco espaço, é possível cultivar um belo jardim ornamental que atenda aos gostos pessoais. Para isso basta escolher plantas de fácil manutenção como arbustos e plantas de pequeno porte. Para quem mora em apartamento é importante evitar espécies muito exóticas, que podem dificultar ainda mais o cuidado com o jardim.

(Open jardim e varanda)