O movimento espectacular dos girassóis

Para a maioria, os girassóis sempre cativaram a atenção, uma vez que estas interessantes plantas seguem a trajetória do sol, sempre em busca da luz.
E, como o nome sugere, a sua inflorescência gira ao longo do dia consoante o sol. É por isso que os girassóis brilham como o próprio sol e dão aos jardins estes tons dourados em forma de flores.

A história dos girassóis remonta ao princípio do século XVI, quando chegaram à Europa os primeiros exemplares vindos das Américas. Os índios usavam o óleo das sementes, o que provou ser um produto de qualidade graças aos ácidos gordos polinsaturados  Mas, também tem outras utilizações medicinais: a sua haste é utilizada para chás que tratam dores de cabeça, constipações, feridas e distúrbios do sistema nervoso.

Existem muitas variedades de girassóis, apesar de que a variedade que todos conhecemos seja o girassol anual, uma planta muito grande de flores enormes que florescem no verão e no outono.
Algumas podem atingir uma altura de vários metros, mas existem variedades mais baixas que podem ter tons avermelhados ou ter no centro uma cor mais intensa (em alguns, o centro é escuro, enquanto que outros são mais parecidos com as margaridas).
Se plantar agora girassóis, tenha em mente que precisam ser protegidos do vento, muito sol e espaço, especialmente as variedades que mais crescem, além de precisar regá-los com abundância.

O movimento espectacular dos girassóis

Para a maioria, os girassóis sempre cativaram a atenção, uma vez que estas interessantes plantas seguem a trajetória do sol, sempre em busca da luz.
E, como o nome sugere, a sua inflorescência gira ao longo do dia consoante o sol. É por isso que os girassóis brilham como o próprio sol e dão aos jardins estes tons dourados em forma de flores.

A história dos girassóis remonta ao princípio do século XVI, quando chegaram à Europa os primeiros exemplares vindos das Américas. Os índios usavam o óleo das sementes, o que provou ser um produto de qualidade graças aos ácidos gordos polinsaturados  Mas, também tem outras utilizações medicinais: a sua haste é utilizada para chás que tratam dores de cabeça, constipações, feridas e distúrbios do sistema nervoso.

Existem muitas variedades de girassóis, apesar de que a variedade que todos conhecemos seja o girassol anual, uma planta muito grande de flores enormes que florescem no verão e no outono.
Algumas podem atingir uma altura de vários metros, mas existem variedades mais baixas que podem ter tons avermelhados ou ter no centro uma cor mais intensa (em alguns, o centro é escuro, enquanto que outros são mais parecidos com as margaridas).
Se plantar agora girassóis, tenha em mente que precisam ser protegidos do vento, muito sol e espaço, especialmente as variedades que mais crescem, além de precisar regá-los com abundância.

Girassol – Heliantos anuus




Comecei com uma sementinha num pequeno vaso, sai cá para fora, quando já tinha uns 10 a 15 cm transportaram-me para a terra, aqui cresci e me tornei forte. Aqui andava à procura do sol, vou girando, adoro o sol, só com ele posso sobreviver.


Aqui já estava maior com vontade de mostrar a minha linda flor, pronta para olhar o mundo, um mundo que por vezes é cruel mas também tem coisas boas e estou rodeado de pessoas, animais, tenho aqui ao meu lado flores tão lindas.


Cheguei amigos, sou bonita não sou? Daqui um tempo vou embora mas vou deixar a minha semente para alimentar os pintassilgos que andam sempre aqui a bicar.



O Girassol pertence à familia das Asteraceae, planta anual.


Aqui ficam algumas curiosidades e crenças:



O girassol é uma flor simbólica que significa fama, sucesso, sorte e felicidade.

Na Hungria, acredita-se que a semente do girassol cura infertilidade, e sementes colocadas na beira da janela, em uma casa onde exista uma mulher grávida, o filho será homem.

Na Espanha, para se ter sorte são necessários onze girassóis.

A flor pode ser considerado a planta-símbolo do Novo Milênio.
(diário jardim)