As árvores anunciam chuvas

Cafeeiro.
Florestas de clima temperado são encontradas no Canadá, Estados Unidos, Cordilheira dos Andes, Escandinávia junto com toda a Europa do Norte, Rússia, Alpes e Pirineus. Outros bosques característicos de regiões com baixas temperaturas estão localizadas nos Alpes australianos, no Himalaia, na região montanhosa da China, no Norte do Japão, nos Atlas marroquinos, nos Montes Zagros, localizados no Irã, no leste da África do Sul, na Etiópia, enfim em todas as extensões de terreno onde as temperaturas no verão não ultrapassam os 22º, 23º e no inverno caem abaixo de 0º.
Mas de nada serve conceituar em cima de uma fitogeografia global quando nos esquecemos dos micro climas. Os paisagistas que projetam jardins urbanos devem levar em conta as alterações de temperatura, umidade e pressão atmosférica do bairro onde estão trabalhando. Existem ocasiões em que o relevo dessa seção da cidade é tão irregular, que apresenta diferenças climáticas em poucos quarteirões: edificações altas, ou pelo contrário circunvizinhanças compostas por residências assobradadas podem mudar a insolação de um jardim. Um parque com árvores adultas ou uma rua bem arborizada, mantém as temperaturas máximas e mínimas mais próximas e a umidade mais alta. Terrenos localizados nos pontos mais altos sofrem a incidência dos ventos de forma intensa, se comparados com aqueles de fundo vale. A inclinação do terreno também irá afetar diretamente nosso jardim, as encostas voltadas para o Norte recebem mais luz e calor, isto vai permitir a utilização de uma vegetação com essas necessidades, mas se, contrariamente, o talude estiver orientado para a fase Sul, irá receber pouca radiação solar, mantendo a umidade do solo alta. Em situações como esta prefira: Schinus terebinthifolius, Acacia podalyriifolia, Russelia equisetiformis, Bauhinias, Calliandras, Parkinsonia aculeata, amoreiras, etc.
É interessante ressaltar que as regiões centrais das metrópoles modernas são sempre mais quentes que seus subúrbios, e é durante a noite que esta diferença se torna mais acentuada. Cidades como Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, São Paulo, Porto Alegre ou Salvador servem para exemplificar esta realidade. Os cariocas que moram na Tijuca, por exemplo, podem usufruir durante o período noturno de temperaturas até 8º mais baixas, que aqueles que residem na área central do Rio. Com certeza, a situação em Brasília é parecida se compararmos as quadras próximas a Esplanada dos Ministérios com algum bairro nas cercanias do Lago de Paranoá. Belo Horizonte, em um vale 850m acima do nível do mar, sofre de temperaturas mais altas que as da Pampulha, reforçando a tese. Já São Paulo, a cidade mais populosa do país, talvez nos mostre maiores discrepâncias no que tange a temperatura noturna: a região central (Sé, Anhangabaú, Glicério, etc.) chega a registrar, em algumas noites do mês de janeiro, temperaturas de até 12º superiores aquelas marcadas pelos termômetros em bairros como Morumbi, Santana ou Jabaquara.
As ilhas de calor, nas regiões centrais são causadas pelo asfalto, concreto, queima de combustível e pouca vegetação. Prédios e calçamentos absorvem calor mantendo a temperatura alta noite adentro. Em contra partida, o jardim, embora também absorva a radiação solar, acaba por esfriar o ambiente gastando grande parte dessa energia na transpiração e na evaporação. Somente nas madrugadas a cidade e as vizinhanças registram temperaturas similares.
Algumas curiosidades:
  • Angico soltando muita resina, sinal de chuva.
  • Cajueiro com florada adiantada, ano seguinte com chuva.
  • Pau-d’arco-roxo com flor no meio do ano e segurando a carga é sinal de chuvas.
  • Mangueira com copa florida, boas chuvas; carregada só por baixo, pouca chuva.
  • Aroeira que segura sua carga, chuvas boas.
  • Se a timbaúba muda as folhas por igual, chuvas.
  • Cafeeiro com folha macia em outubro, sinal de chuvas; folhas ásperas, seca.
  • Casca de árvore cheia de água em novembro e dezembro, chuvas.
  • Barriguda bem florida em setembro, bom ano de chuvas.Link
  •                                                                Raul Cânovas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s