Curiosidades sobre árvores

1. Figueira mata pau – a árvore assassina – A figueira mata pau é dispersa por aves e macacos. Quando eles defecam, as sementes frequentemente caem em um galho de outra árvore e começam a se desenvolver. As folhas procuram a luz enquanto as raízes buscam o solo. Durante o processo a árvore hospedeira é envolvida em um abraço mortal. 
A pressão exercida pela figueira é tão grande que a outra planta não consegue mais transportar seiva e acaba perecendo. Ela pode ser encontrada em regiões tropicais pelo mundo, incluindo o Pantanal, a Mata Atlântica e Amazônia


2. Castanheira, a prova de que tudo na natureza está conectado – O fruto da castanheira (do Pará), chamado de ouriço, abriga sementes ricas em gordura e nutrientes em seu interior. No entanto, sua casca é tão dura que é impossível de ser aberta pela maioria dos animais. Porém, um pequeno mamífero de dentes fortes é capaz de fazer um buraco nessa armadura impenetrável. A cutia pode encontrar até 30 castanhas lá dentro, o que é muito para comer de uma vez só. 
As sobras são enterradas na terra, para uma refeição posterior. Mas a memória do pequeno roedor não é perfeita: algumas sementes são esquecidas no solo da floresta amazônica e darão origem a uma nova geração. O ouriço é deixado no chão e, quando começa a temporada de chuvas, se enche de água – a partir do buraco deixado pela cutia – e se transforma em um berçário para sapos e insetos. Nada é desperdiçado

3. Embaúba, a pioneira – Quando uma clareira é aberta na floresta, as embaúbas são as primeiras árvores a ocupar o espaço. Possuem folhas largas, capazes de captar muita luz, aumentando a taxa de fotossíntese e, consequentemente, de crescimento. Seus frutos são atraentes para muitas espécies de aves e macacos. 
Na base de cada folha existe uma glândula de açúcar, um atrativo para formigas, que acabam se instalando no tronco oco da planta. Em troca, o exército de pequenos insetos irá proteger a planta contra os herbívoros. A embaúba é encontrada desde o México até o norte da Argentina

4. Ipê, uma explosão de cores – A floração dos ipês anuncia a primavera no Brasil. No final de agosto ou começo de setembro, as cidades e os campos são tomados por uma sucessão de cores. 

Primeiro são os roxos, depois os amarelos, brancos e finalmente os rosas. Cada árvore fica florida durante uma semana, aproximadamente. Então as flores caem, dando um colorido especial ao chão


5. Cipreste mexicano, a árvore mais larga – A planta mais “gordinha” do planeta é um cipreste mexicano. Com 36 metros de cintura, a Árvore de Santa María del Tule, localizada no estado de Oaxaca, México, ganhou um lugar no  Guinness, o livro dos recordes, como a árvore com maior circunferência do mundo

6. A mais alta árvore do mundo – Hyperion – Uma sequóia gigante de 115 metros, está localizada no norte do Estado da Califórnia, nos Estados Unidos. A Hyperion foi descoberta no Parque Nacional Redwood, ao norte de São Francisco, no fim do ano passado por uma equipe de cientistas americanos, que se dedicou a percorrer as florestas localizadas na região litorânea da Califórnia.
Segundo o naturalista Chris Atkins, os cientistas já encontraram cerca de 135 sequóias que chegam a mais de 100 m. O descobrimento surpreendeu os especialistas, porque estes não esperavam encontrar mais árvores de grande porte nesta zona.Link


Fonte: 
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s