PENHASCOS PELO MUNDO

Elas se estendem para fora das montanhas e oferecem vistas panorâmicas da paisagem aos corajosos que arriscam escalá-las. Estas rochas ficam literalmente penduradas sobre enormes precipícios. Você encararia a subida e chegaria na ponta como os turistas das fotos abaixo?

 (Foto: Reprodução/The World Geography)(Foto: Reprodução/The World Geography)

Hanging Rock, Austrália

A formação geológica única e absolutamente incrível tem origem vulcânica. Localizada em Victoria, foi a inspiração para o livro e, mais tarde, o filme Picnic at Hanging Rock, sobre o desaparecimento de um grupo de jovens durante uma visita. Depois disso, a rocha ficou conhecida mundialmente e se tornou um famoso ponto turístico. Mas apesar de haver passeios com guias, vale lembrar do perigo de escalá-la: no topo, são apenas 50 cm de largura, a 100 metros de altura do chão.

 (Foto: Reprodução/The World Geography)(Foto: Reprodução/The World Geography)
 
Trolltunga, Noruega
Conhecida como a “língua de Troll”, em referência às criaturas do folclore escandinavo, esta rocha se destaca a 700 metros de altura sobre o lago Ringedalsvatnet . Chegar lá, no entanto, não é fácil. É preciso escalar a montanha, em uma jornada que leva entre oito e dez horas. A vantagem é que, pela dificuldade de acesso, o local não é lotado de turistas e é possível aproveitar a paisagem sem pressa.
 (Foto: Reprodução/The World Geography)(Foto: Reprodução/The World Geography)
Diving Board, Estados Unidos
Esta rocha saliente realmente parece uma prancha de mergulho, a 1.100 metros de altura. Ela fica no Parque Nacional de Yosemite, localizado nas montanhas da Serra Nevada, na Califórnia. Chama a atenção que o pico é formado por pedras aparentemente somente encaixadas, o que torna a atração arriscada para turistas.
 (Foto: Reprodução/The World Geography)(Foto: Reprodução/The World Geography)
Leopard Rock, África do Sul
É preciso muita coragem para posar assim, bem na beira da rocha saliente, sobre o precipício da reserva natural Oribi Gorber, um cânion com até 400 metros de profundidade. A pedra foi nomeada também por uma fotografia arriscada, tirada há 40 anos, de um leopardo curioso admirando a paisagem.
 (Foto: Reprodução/The World Geography)(Foto: Reprodução/The World Geography)
Hawk’s Head Rock, Austrália
A grande diversão para os turistas é tentar encontrar a pedra que parece com uma cabeça de falcão do alto da rocha – daí vem seu nome inusitado. Localizada no parque nacional Kalbarri, oferece também lindas vistas do rio Murchinson.Link
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s