Hemerocallis: coloridas, práticas e versáteis

'Midnight in Paris' Hemerocallis

Hemerocallis barbara
Ao olharmos esta flor, achamos logo que se trata de um lírio. Mas não é. 
Embora a semelhança seja grande – até inspirou os nomes populares desta planta – trata-se na verdade da hemerocales.
Versatilidade e variedade talvez sejam as palavras que melhor definam esta planta.Originárias da Europa e também pertencentes à família das Liliáceas, como os lírios, as hemerocales apresentam flores de muitos tamanhos e cores, que vão desde tons próximos do branco até um tom bem escuro, quase preto, passando por todos os tons de amarelo (do pálido ao dourado mais intenso) e do mais suave rosa ao vermelho mais intenso.
Isso sem falar nas misturas de cores encontradas numa mesma flor, que pode apresentar um padrão de cor suave e as bordas multicoloridas ou de uma só cor intensa. As formas das hemerocales variam desde a estreita “Spider” (aranha) até tipos totalmente redondos.
Popularmente conhecida como lírio-de-são-José ou lírio-do-dia, a hemerocales é uma herbácea perene e rizomatosa, que floresce praticamente o ano todo, com maior intensidade no verão. O tamanho da haste varia de 20 cm a 130 cm, sendo mais comum encontrarmos plantas de 60 cm a 90 cm. As folhas são estreitas, lisas e longas. Cada haste floral da planta é composta de muitos botões.
Por ser uma planta que exige pouca manutenção e apresenta boa adaptação climáticas, é muito indicada na composição de jardins de condomínios, empresas, praças, parques e, é claro, em residências. As hemerocales vão bem em bordaduras ao longo de canteiros e muros ou em grupos, formando maciços e conjuntos isolados.
Dicas de cultivo

Luminosidade: As hemerocales devem ser cultivadas sob sol pleno, embora tolerem condições de sombra parcial, desde que haja muita luminosidade. Como regra geral, recomenda-se o plantio das hemerocales num local onde elas recebam, no mínimo, 6 horas de sol direto por dia. As variedades coloridas e mais escuras serão beneficiadas por sombra parcial, nas horários mais quentes do dia; assim como a sombra da tarde poderá ser benéfica para as plantas híbridas.
Solo: Esta planta vai bem em praticamente qualquer tipo de solo (do arenoso ao argiloso) mas, de preferência, devemos cultiva-la em solo argilo-arenoso, com bom teor de matéria orgânica e com pH de 5,5 a 6,0. Caso estas não sejam as condições existentes, algumas práticas poderão serem adotadas, como a adição de calcário dolomítico(100 a 300 gramas por metro quadrado), para corrigir o pH do solo e um pouco de areia média, nos solos argilosos, para melhorar a drenagem. Nos solos arenosos pode-se adicionar matéria orgânica (estercos curtidos e/ou restos vegetais), para melhorar a fertilidade e reter um pouco a umidade. Mas é importante destacar que as hemerocales devem ser plantadas em solos bem drenados.
Espaçamento: Em geral, indica-se o espaçamento de 30 a 40 cm entre as plantas, dependendo do porte da variedade. As variedades de porte ‘mini’ podem ser plantadas no espaçamento de 15 a 20 cm entre as plantas.
Como plantar
* Prepare o solo, misturando boa terra de jardim, areia e esterco bem curtido.
* Cave um buraco maior que a massa da raiz.
* Plante, de forma que a coroa da planta (local onde as raízes encontram as folhas), fique abaixo da superfície do solo. Certifique-se que a coloração mais clara na base da folhagem (ela lhe indicará a parte da planta que estava sob a terra) fique debaixo do solo.
* Compacte levemente o solo e regue abundantemente a sua nova planta.
Cuidados principais
Regas: Água no solo é essencial para o bom desenvolvimento da planta. Em quantidade suficiente, a água ajuda a garantir que você obtenha excelente floradas. É muito importante que as hemerocales recebam água suficiente na primavera, quando as plantas produzem os botões florais, e no verão, durante a estação da floração.
Adubação: Que tipo de fertilizante usar? Tendo em vista que cada jardim tem solos diferentes e com diferentes necessidades de nutrientes, sugere-se que se faça uma boa adubação orgânica e pode-se adicionar 30 gramas de adubo químico fórmula NPK 6–12–12 ou 10–10–10 por metro quadrado.
Cobertura de solo: Coberturas de solo podem ajudar as hemerocales, de diversas maneiras, pois diminuem o crescimento de ervas daninhas, evitam o aquecimento do solo, especialmente no verão (o que dificulta a absorção de nutrientes pelas plantas) e, após se decomporem, ajudam a melhorar o solo, com a incorporação de material orgânico e conservação da umidade.
Podemos usar vários tipos de materiais para cobertura, como lascas de madeira, restos de palha, casca de arroz, etc.
Informações sobre o cultivo fornecidas pela Agrícola da Ilha
Onde adquirir mudas de hemerocales:
É possível adquirir mudas desta versátil e prática planta até pela Internet!
O site www.hemerocallis.com.br, da Agrícola da Ilha, comercializa 54 variedade de hemerocales e possui uma logística de distribuição para todo Brasil, independente do número de plantas. Link
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s